Ostinato – Left Too Far Behind

À semelhança de bandas como Mogwai ou Explosions In The Sky, os Ostinato são uma banda de pós-rock que consegue transfigurar o ambiente que nos rodeia. O som expande-se pelas paredes e depressa somos levados para um local paralelo ao que percepcionamos como real. É esta a qualidade deste género, e desta banda em concreto, que me agrada particularmente – embora não seja circunscrita aos mesmos.

Este trio oriundo da Virgínia, nos Estados Unidos da América, incorpora nas suas composições um sentimento stoner que poucas bandas conseguem dominar convenientemente. A presença desta corrente supra-musical evidencia-se claramente na presença vocal, onde por vezes nos vem à memória os míticos Black Sabbath, e nas guitarras sujas e distorcidas acompanhadas por ritmos repetitivos de bateria. Poderemos, assim, falar num pós-stoner? Talvez ainda não.

Left Too Far Behind é o segundo lançamento dos Ostinato e sucede ao EP Unuseable Signal, editado pela própria banda em 1998. Este é um álbum notável e eclético, onde em cada música conseguimos descortinar novos elementos sonoros e novos pormenores inesperados. Em “Majestic” quase que é possível sentir o espectro de bandas como os Sleep, comandando uma viagem pelo deserto – não em peso, mas em sentimento. “Convolution” consegue levar-nos além da atmosfera, devido em grande parte aos delays arrepiantes das guitarras.

Os momentos mais calmos, como em “Hey You Up In The Tower” ou “Let Me Start With The Weather”, introduzem um piano que se quer calmo, consonante com as guitarras, que consegue conduzir a música até um elevado e furioso estremecer de cordas. Por sua vez, “The Stranger”, contém em si suficiente rock e vivacidade para pôr qualquer punk a abanar a cabeça.

Left Too Far Behind é um álbum predominantemente instrumental onde o rock, modelado por diversas sensibilidades, reside na sua essência. Por vezes progressivo em forma, e sempre expansivo em sentimento, os Ostinato trazem-nos uma interessante composição de temas onde até os admiradores de Pink Floyd poderão encontrar algum deleite.

8/10 | Gonçalo Sítima

Anúncios

~ por hiddentrack.net em 11, Janeiro, 2006.

 
%d bloggers like this: