Em redor de The Eraser

De um dia para o outro, Thom Yorke anunciou que ia lançar um álbum a solo – mas não queria ouvir a palavra “solo” – e que a banda apoiava. Quer dizer, já tinham surgido indícios de que o músico ia lançar um álbum: Richard Linklater, o realizador de A Scanner Darkly, falou disso numa entrevista quando disse que tinha “um tema do próximo álbum a solo” do vocalista dos Radiohead nos créditos finais do filme. Era “Black Swan”, já agora. Mas na altura estava tudo às escuras e era até possível que o realizador se tivesse enganado.

Mas não. A cerca de dois meses do lançamento, Thom Yorke anunciou a data e a editora. O produtor era o do costume: Nigel Godrich, que tomou conta da produção dos álbuns de Radiohead desde The Bends (1995) mas que não deverá produzir o sétimo álbum de originais. Ainda não está completamente claro, no entanto.

thomyorkeE Thom Yorke tem dado várias entrevistas, como é normal. Um dos temas recorrentes tem sido o facto da sua voz estar estranhamente limpa. É verdade, não está escondida atrás de um balcão de electrónica manipuladora de vozes como nalguns dos melhores momentos de Kid A (2000), por exemplo. Há duas palavras associadas a esta decisão: “Nigel” e “Godrich”. O produtor é conhecido por ser bastante autoritário em estúdio – Paul McCartney queixou-se disso há uns tempos mas disse que tinha acabado por gostar do trabalho dele – e aproveitou a fama. Queria que a voz aparecesse mais orgânica do que nunca e foi isso que aconteceu.

Outra temática recorrente é a do computador portátil de Thom Yorke. Não lhe perguntaram sobre a marca ou sobre o software utilizado. Mas o que o músico britânico se fartou de referir foi que compôs algumas partes de forma aleatória, possivelmente sem olhar para o monitor. Como começar a jogar minesweeper… mas em vez de tentar evitar as minas iniciais que tantas vezes obrigam a recomeçar segundos depois, o objectivo é conseguir fazer com que no final tudo soe bem. Yorke andava com aquilo na cabeça e no computador há já algum tempo – e por isso não foi assim tão repentino quanto isso – e aproveitou para mandar coisas cá para fora.

O processo terá sido diferente do habitual. Como foi tudo feito no computador, o processo de escrita das letras acabou por ser invertido. Primeiro, Thom Yorke teve de aprender a tocar as músicas. Só depois pôde tratar das letras.

Yorke não põe de parte apresentar as músicas deste álbum ao vivo com a banda. Aliás, no dia 1 do passado mês de Maio, o músico juntou-se a Jonny Greenwood em Londres para um concerto acústico e mostrou aquilo que na altura todos pensaram ser uma das novas músicas dos Radiohead: “Cymbal Rush”.

Jonny Greendwood, de resto, terá dado, assim como Nigel Godrich, uma ajuda na execução de alguns instrumentos. Jonny Greenwood é também parcialmente responsável pela composição de “The Eraser”.

É conhecido ainda mais um participante no projecto. Stanley Donwood não percebe muito de música mas é a ele que se pode agradecer todo o artwork dos Radiohead desde o EP My Iron Lung (1994). A partir de certa altura, Thom Yorke (aka Tchock ou Tchocky) começou a ajudar neste aspecto também. Donwood e Yorke ganharam, de resto, um Grammy pelo artwork de Amnesiac (2001).

London Views, o nome dado à obra criada por Donwood em Novembro de 2005 e colocada em exibição em Maio deste ano em Londres, é uma visão apocalíptica da capital do Reino Unido. A cidade está a ser destruída por uma enxurrada e pelo fogo mas pode ver-se um homem com o braço esticado, como que a tentar impedir que a água avance. O homem é o Rei Canute, que terá tentado comandar o oceano para demonstrar os seus poderes. Será preciso dizer que falhou?

Filipe Marques

Anúncios

~ por hiddentrack.net em 13, Julho, 2006.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: